IMG_7230 red

Depois de comer a sobremesa no De Utrechtsedwarstafel no meu aniversário, eu soube o que fazer com as claras que restaram das inúmeras carbonaras que tenho feito aqui em casa: merengue! Com recheio de chocolate branco e calda de laranja! Não teve o sorbet de chá de roibos com pimenta como lá, mas acho que com um pouco mais de paciencia até dava para ter servido com um sorbet de alguma fruta cítrica.

IMG_7279 m red

Eu não tenho uma receita oficial para merengue, daquelas que a gente sempre repete. Tem dias que coloco mais açúcar, dias que coloco suco de limão e dessa vez eu assassinei a receita de merengue francês colocando amido de milho. Mas ninguém precisava saber, eu só queria testar isso. Pobre amido de milho, se fosse farinha de amendoas sairia macaron e teria seu valor. Mas foi bem pouco, longe de ter a intenção de virar biscoito (se bem que fiquei com vontade de fazer isso depois). Usei uma colher de sopa bem rasa para 3 claras em neve.

Ainda vou atualizar esse post em breve porque tenho mais merengues para testar e também porque merengue é muito mais gostoso do que omelete de claras (e eu sempre tenho claras sobrando na geladeira). Ok, na prática eu como mais omeletes de claras do que merengue mesmo. Doce não é muito o forte aqui em casa. Apesar de achar incrível tudo que ovos, açúcar e farinha são capazes de fazer, a confeitaria pra mim ainda é uma arte para momentos especiais e não para o dia a dia. Se bem que um bolinho de milho com um café é o aconchego que todo final de tarde precisava.

red

A minha base para variações de receitas de merengue é a receita de merengue francês. Só bater as claras até o ponto de neve em um recipiente bem limpo (sem um pingo de gordura). Depois juntar o açúcar e bater mais um pouco em velocidade baixa. Use o açúcar mais fino que tiver. Quanto mais açúcar, mais firme. Mas 3/4 de xícara de açúcar para 3 claras fica bom. Umas gotinhas de limão também ajuda a deixar mais firme.

Exitem outras receitas de merengue, como o italiano que é feito com uma calda em ponto de bala, e o suíço, que é cozido em banho maria. Mas eu acho o merengue francês mais simples.

Bom, aí nesse momento, depois de juntar o açúcar, você também pode colocar umas rapinhas de casca de limão, ou umas gotas de baunilha ou um pouco de cacau em pó.
Depois é só montar os merengues com aqueles bicos de confeitaria em um tabuleiro untado e levar para assar. Asse sem pressa, por muito tempo e em temperatura baixa. O merengue tem que ficar bem sequinho e tem que esperar esfriar completamente para tirar do tabuleiro.

IMG_7237red

E para o recheio das cestinhas, é só derreter o chocolate branco com um pouco de creme de leite e adoçar a gosto. Pode ser em banho maria ou em fogo baixo com muito cuidado para não queimar e mexendo sempre. Também fiz com chocolate amargo para rechear os merengues pequenos que misturei cacau nas claras. (Sinto que esses merengues de cacau queriam ser macarons)

E por cima das cestinhas de merengue (e também no meio dos merengues pequenos), coloquei uma calda de geleia caseira de laranja com casca.

Tão levinho e gostoso que dá vontade de comer tudo em uma tarde!

Ah, e essa receita bem simples também serve para cobrir tortas com creme, como essa torta de limão aqui: http://raquelrivello.com/torta-de-limao/

IMG_7405 red